Compra Periquitos Australianos


Compra de Periquitos Australianos
 

Renato Uchôa

Juiz OBJO

 
     Há anos bato numa tecla, e por mais incrível que pareça, todo ano presencio sempre a mesma situação, tanto com novos criadores como com criadores já experientes. Reclamação sôbre compra de pássaros, e elas são inúmeras: não criou, morreu, criou filhotes com defeito, ficou doente e não mais se recuperou, não acrescentou nada ao plantel, etc, etc, etc...
     Há uns 18 meses entrei num programa de produção e criação de ovelhas de uma raça nova chamada Hightlander, e este programa está sendo iniciado no Brasil por uma empresa chamada Rissington da Nova Zelândia. Eles nos vendem reprodutores machos para serem usados em ovelhas comuns, e em 4 gerações teremos o puro por cruza (machos e fêmeas). Uma vez decidido que nós iniciaríamos uma criação de ovelhas, saí comprando fêmeas para servirem de matrizes para os reprodutores Hightlander. Adquiri ovelhas de vários criadores da minha região e fiz um plantel. Eu já sabia, como criador de periquitos que sou, que iria ter problemas, pois estava adquirindo animais de diferentes procedências, o que acarretaria em somar problemas. Obviamente os problemas ocorreram e foram muitos: mortes, doenças crônicas, fêmeas inférteis, etc, etc, etc. Hoje, passados 18 mêses, posso dizer que consegui estabilizar o plantel, com ajuda das mortes, de haver vendido os descartes e com os nascimentos conseguidos. Entretanto, sei que tenho ainda um longo caminho a percorrer, que é me esmerar na criação e seleção deste plantel que ficou. Por tudo isto acho que só agora vou começar minha criação de ovelhas.
     Na minha opinião, qualquer criação usa as mesmas regras:
1) Procure conhecer primeiro sobre a criação que você quer iniciar.
2) Visite o máximo possível de criadores e criações.
3) Estabeleça o local disponível, e se ele apresenta boas condições para a criação.
4) Organize o material disponível e monte o criadouro.
5) Programe o início da criação: como e onde adiquirir matrizes, valor disponivel para isto e quantidade de animais necessários e possíveis. 
6) Se possível escolha um criador experiente para adquirir dele o plantel, procure seguir os passos pelo menos no início deste criador. Sempre que possível compre passaros jovens (filhotes).
7) Só pense em abrir o sangue quando estiver criando bem e se houver extrema necessidade.
8) Procure selecionar o plantel e use a consanguinidade com técnica, de preferência line breeding (consanguinidade de segunda ou mais geração)
     Acho que se você quer ser um bom criador, tens aí algumas boas dicas para que não "quebres a cara".
 


FILHOTES À VENDA INCLUSIVE DESCENDENTES DO LUTOLF
ENVIO PARA TODO BRASIL

Brasil English

© Copyright 2010, Periquitos®. direitos reservados - Produzido por Dinamicsite